Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Mobile Marketing’ Category

Intro: Após mais um longo e tenebroso período sem postar, cá estou eu de volta por aqui. Confesso: estou MUITO ocupada neste segundo semestre. Trabalhando igual gente grande na agência (que nem nome direito não tem por pura falta de tempo), muito projeto bacana (yuppie!!), e ainda coordenando a comunicação do PMR e dando aulas e mais aulas, pra lá e pra cá. Isso pq sempre digo: trabalho o dia todo e ainda dou aula a noite. Peraí, mas dar aula não é trabalhar não??? Fora a maldita da procrastinação crônica que assola a minha vida e que – definitivamente – é o maior causador da minha ausência por essas bandas de cá. O que é uma lástima (e uma enfermidade).

Aos meus leitores, desculpas pelo sumiço. Mas também tenho que ter vida social no mundo real!

Pois bem, o que motivou a minha reaparição – logo após o dia de los muertos – foi o excelente resultado do trabalho de conclusão que os meus alunos de Mídias Móveis da Pós em Projetos Editoriais Impressos e Muitimídia da UNA apresentaram recentemente. A proposta era a criação de um projeto para mídias móveis, a escolha livre de cada grupo. Todos os trabalhos me surpreenderam! “Meninos”, vocês estão todos no caminho certo e de parabéns!

Dou destaque em especial ao trabalho do grupo que desenvolveu um projeto mobile para o Museu Inhotim. Para quem não conhece, o Inhotim é um museu/parque localizado em Brumadinho, pertinho de BH City, que é simplesmente fabuloso. Galerias de arte em meio a Jardins de Burle Marx, num belíssimo estilo tropical. Já visitei muito museu pelo mundo afora e digo que o Inhotim é um dos mais legais que visitei nos últimos tempos. Chuhuzíssimo!

Projeto Mobile: Inhotim Mobile Guide
Alunos: Bruno Martins, Frederico Sucupira, Marcos Carneiro, Rafael Matos e Renato Loose.

O Inhotim Mobile Guide é uma forma inovadora para os visitantes descobrirem mais sobre as obras de arte em exposição no parque. Através de um aplicativo para iPhone/iTouch e arquivos enviados via Bluetooth, os visitantes caminham pelas galerias e têm acesso a vídeos, imagens e textos que ampliam as informações sobre as obras, com entrevistas com os artistas, comentários de especialistas e de outros visitantes, conexões com outras obras, processo de criação das obras, dentre várias outras possibilidades.

No vídeo abaixo dá para ter um gostinho do protótipo do projeto. Cada quadradinho colorido representa um tipo de interação possível (ex: making of das obras – o museu é de arte contemporânea e muitas vezes as obras são criadas in loco de forma “inusitada”; entrevista com o artista etc).


Genial 🙂

O resumo dos outros trabalhos  – também chuchuzíssimos – segue abaixo.

Projeto MobTube: projeto de criação de um portal de vídeos colaborativos
Alunos: Adamo Alighieri, Dennis Henrique, Flávio Rodrigo de Almeida.

Os usuários enviariam vídeos de no máximo 30 segundos, produzidos através do celular, para montar uma “história” que seria composta pela montagem de um total de 10 vídeos. As histórias são montadas pelos próprios usuários que enviam ao site capítulos para dar continuidade aos vídeos já publicados por lá. O ambiente será propício para a construção colaborativa, através de vídeos, votação e comentários.

mobtube 1

mobtube 2

mobtube 3

Programa de mobile TV: sinopses dos capítulos das novelas da TV
Alunos: Daneil Ribeiro, Fernanda Nazaré, Izabella Moura.

Para ser visto no celular, será um programa de entretenimento que trará o resumo diário das principais novelas da TV. Atualmente só existe esse tipo de serviço nos jornais impressos e internet, e a proposta é de se desenvolver um projeto que adaptará o conteúdo para áudiovisual adequado às caractarísticas dos dispositivos móveis.

Programa de mobileTV: Mobile News
Alunos: Frederico Lima, Isabela Lauria, Poliana Leite, Rangel Sales, Rodrigo Neiva

O projeto se configura como um canal de informaçnao voltado para o celular, com formato totalmente adaptado ao meio.

Seria a expansão do jornal televisivo para mobile. É de caráter regional, abrangendo a região metropolitana

de Belo Horizonte. Todo conteúdo é gratuito. Duração vairável de 30 segundos a 2 minutos, sendo que um conteúdo textual completo estará disponível para o usuário que tiver interesse em mais informações.

Mobile News 1

Mobile News 2
Projeto Guia Turístico: Tiradentes para Celular
Alunos: Cezar Menezes, Jânio Penna, Laila Aninger, Soraya de Souza, Samarone Reis

Celular, netbook, notebook, iPod, serão carregados com informações contendo dados históricos da cidade e dos principais monumentos, áreas de preservação natural, cachoeiras, festivais artístico-culturais, festividades religiosas, utilidade pública, mapas    da    cidade    e    distritos, ateliês    de    arte, festival    de    cinema, roteiros gastronômicos, restaurantes e pousadas à disposição de turistas, estudantes e moradores –> em quiosques em três pontos estratégicos da cidade, em três idiomas.


Projeto Mobile TV: NAGANDAIA – a noite de BH como você nunca viu
Alunos: Bruno Moreira, Débora Côrte, Roxana Roberta

A proposta é de manter o cidadão atualizado sobre os eventos da noite de BH através de um programa de mobile TV no celular. Os usuários recebem as informações por assinatura dos tópicos desejados, quantas vezes ao dia e segmento (baresm restaurantes, boitesm, cafés, festas). O usuário poderá interagir, enviando seu prórpio vídeo (produzido pelo celular) ao suporte web, com duração de 30 segundos, informando sobre como está o local etc.

OBS: estava dando um erro no carregamento das imagens. E continuo aguardando os vídeos, prints, etc, de quem ainda não me enviou!

OBS2: Em agosto tive o prazer de participar do 6o Fórum Internacional de TV Digital do IETV no Rio  em que o tema era: “O lugar da TV não é mais na sala”. Foco 100% em mobile TV. Fiquei devendo uma postagem sobre o assunto, que de certa forma dá continuidade a este post. O encontro foi fantastic!

Outros posts sobre trabalhos de alunos:

Esses meninos vão longe!
Vídeos para celula: Palminhas!

Anúncios

Read Full Post »

Personnas, a data do curso “Ações Inovadoras em Comunicação Digital” mudou. O curso – promovido pela ESPM e coordenado pelo Gil Giardelli –  começará no dia 2 de junho, mesmo bat local etc e tal. Maiores infos nesse post aqui.

Data: 2 a 25/06/2009
Às terças e quintas, de 19:30 às 22:30.
28 horas/aula
Local: ESPM (SP)
Inscrições até 26/05/2009 –> aqui.

Ainda está em tempo 🙂 Tá esperando o que???

Read Full Post »

picture-18

Para quem, assim como eu, está perdendo o impredível GSMA Mobile World Congress 2009, que acontece neste exato momento em Barcelona:

Je suis arrasée que não pude ir. Meses pensando no evento, acompanhando as infos, inscrições, tudo. Mas aí o trabalho falou mais alto e assumi compromissos meio que irrecusáveis… Fica pro ano que vem. E graças ao nosso bom Berners-Lee (rsrs), a gente pode acompanhar tudo quase que instantaneamente. AMO.

Pra quem não tá por dentro do Mobile World Congress: é o maior evento sobre MOBILIDADE que acontece nesse planeta, um chuchuzinho de congresso. Acontece em Barcelona siempre, e esse ano – de 16 a 19 de fevereiro.

E se alguém tiver dicas de outros bons links sobre o #MWC09, por favor postem aqui nos comentários!

Read Full Post »

Poisé, dizem que a onda tem sido litaratura de celula: livros escritos e lidos na tela do celular. No Japão a tendência é tão forte que livros escritos através da telinhazinha seguiram o caminho supostamente oposto e, desde 2007, andam sendo publicados também em papel e tinta tradicionais. E mais: tornaram-se best sellers. Mais de 2.6 milhões de cópias vendidas de um único título. Curioso, não?

Como não podia deixar de ser, os livros escritos no celular têm características próprias. Frases curtas, objetivas. Estruturas repetitivas. Emoticons. Espaços em branco para “folgar” a leitura na tela reduzida. Seria um novo gênero?

A minha vista cada vez mais recessiva 😦 não deve suportar mais do que poucas telinhazinhas de texto (será que estou tão velha assim, my God?). Mas a meninada japonesa adooora.

As historinhas são em sua maioria água com açúcar, escritas por jovens, para jovens. Algo como uma releitura-de-Sabrina-numa-adaptação-High-Tech. Dizem também que muitas das histórias acabam sendo adaptadas para filminhos e mangá. Seriam esses filminhos pra celula?

A nova geração japonesa, pelo visto, trocou o barulho das risadas-gritinhos-estridentes-teen pelo teclar frenético no celula. Cada um querendo seu lugar ao sol. Autores de novelas móveis?

Seguindo a onda japonesa, exitem 2 sites norte americanos que oferecem templates para ler e escrever romances na telinhazinha: Quillpill e Textnovel. O primeiro me pareceu um Twitter pra “livrinhos” high tech. O site japonês que deu origem à onda é o Maho i-Land.

Mas a onda não é só com literatura barata e fútil não. Outro caminho também tem se revelado e editoras estão publicado clássicos da literatura em versões pra celula!

Gostou do assunto? Recomendo a leitura de uns artigos:  I love novels: young women develop a genre for the cellular age (The New Yorker);  e The mobile phone novel (The Times Online); e tb – mais antiguinho, de 2007 – A mobile read (with white space) (O’Reilly Radar).

🙂

Read Full Post »

Como prometi, hoje a vez é dos filminhos para celula. O trabalho interdisciplinar desse semestre dos meus alunos do curso de Cinema e Audiovisual da UNA foi sobre liberdade e cultura. Eles deveriam produzir vídeos de 3 minutos para celular que tivessem relação com o tema estabelecido. O trabalho foi desenvolvido ao longo do semestre e, como o prório nome diz, contou com a ajuda de todas as disciplinas às quais foram submetidos durante esses “árduos” 6 meses. 

A minha tarefa foi de catequizá-los com a minha fixação por mobile TV e assuntos afins, para que o produto final ficasse supimpa. Lógico que foi uma alegria ter a oportunidade de ensinar um assunto que tanto me interessa e depois ver de alguma forma a aplicação prática com um resultado super bacana. Parêntesis: cabe aqui agradecer em especial ao Léo Xavier e ao João Carvalho da Ponto Mobi pela atenção e disponibilidade em esclerecer algumas perguntas que não queriam calar. Super obrigada! João, as suas dicas valeram mutcho!

Como muitos devem saber, essa coisa de vídeo pra celular ainda é muito nova e não-padronizada e, portanto, todo o mundo tem dúvida e acabamos aprendendo na marra. 🙂

Pros alunos foi um desafio, mas no fim das contas valeu, né personnas?

Abaixo, os bebês, agora adaptados pra internet:

Don’t Worry, be happy – uma crítica bem humorada aos padrões de beleza impostos pela cultura através da mídia. Os meninos distribuíram o vídeo via bluetooth e o resultado no celula ficou 10.

Gabriel Bueno, Paulo Barros, Vitor Bedetti, Luzimara de Souza

 

 

Trocadilo! – Direitos do Homem? * reparem nos efeitos “especiais”. Os traços/desenhos foram feitos com a luz de um isqueiro!

Fidel Castro Alves, Haendel Melo, Maria Angélica Augusto, Douglas Lamounier, Mariana Beltrame, Daniel Lugão.

Que liberdade? – A mendicância é uma realidade, mas ninguém vê. Os meninos criaram um blog para também apresentar o trabalho: simbiose2008.wordpress.com   Só está precisando atualizar lá 😉

Vinicius Baldo, Rosana Castro, Sheila Sampaio, Victor Gutemberg, Hilton Junior

 

Adorei o resultado geral, ainda mais quando a gente lembra que os meninos ainda estão muito no início do curso! Que maravilha 🙂

Creonças do grupo do vídeo interativo: adorei o trabalho de vcs! Agora só falta o vídeo aqui, né?  😉

Read Full Post »

O prazo para sumbissão de trabalhos para o GSMA Mobile World Congress (2009) foi prolongado. Até 19 de setembro eles estão aceitando os papers. Ótimo para quem está interessado, mas não teve tempo de preparar um material aceitável. Mais infos aqui.

O congresso – que acontece em Barcelona em fevereiro do ano que vem – reunirá as maiores empresas e profissionais da indústria da mobilidade.

——

Mobile World Congress 2009: call for papers deadline has been extended to the 19th September. For more information, take a look here. Great for those who hadn’t had time to prepare a decent paper 😉

The Congress will take place in Barcelona, in february 2009, and will gather the greatest names and companies of the mobile industry.

Read Full Post »

Na Meio Digital desse mês saiu uma matéria sobre Instant Messengers – IM – (ex: MSN Messenger, Google Talk, etc) pra lá de interessante e é ótima pra complementar informações que já tinha publicado por aqui sobre Mensagens Instantâneas no Celula x SMS.

Pois bem, a matéria fala que uma nova fase para os IM vem por aí, como reflexo e integração às novas ferramentas de comunicação e relacionamento, como redes sociais e o próprio celular. Otras cositas más, como publicidade em IM, também são tratadas na matéria, que vale a leitura.

Agora o que mais me chamou a atenção foram as tabelas com dados estatísticos. A matéria fala também de um tema que na realidade eu já tinha percebido, mas não tinha parado para raciocinar: o fato de adolescentes usarem cada vez menos o e-mail, se comparados aos adultos. Tenho irmã adolescente em casa e sei bem o esquema. Essa meninada de hoje quase não abre e-mail. Enviou informação importante e urgente por e-mail? Pode esquecer, pq os teens de hoje não têm pressa alguma ou o hábito de conferir e-mail diariamente. Agora no quesito redes sociais (sobretudo Orkut), mensageiros instantâneos (MSN Messenger) e celular… aí sim, vc chega ao destinatário adolescente fácil, fácil. Simples assim.

Abaixo as tabelas publicadas na Meio Digital (Julho/Agosto 2008, página 63). O Link pra revista completa é esse aqui.

Brigada, Gui!

* E pra quem quer entender mais como funciona o MSN / Windows Live no celula, recomendo visitar a página oficial o serviço, no endereço http://www.windowslive.com.br/mobile/. Por enquanto, a Vivo e a Oi oferecem o Messenger via Wap de forma óbvia, on-deck. No entanto, exite também a opção off-deck e qualquer um pode acessar o messenger indo diretamente na página mobile.msn.com , via wap (sujeito à cobrança dos valores de seu pacote de serviços). A outra opção é a de torpedos no celular (Torpedo Messenger). Para receber mensagens, mesmo quando está offline, basta cadastrar seu número, seja pelas “opções” (ferramentas/opções/telefone) no messenger, seja pelo site. Pro Torpedo Messenger as operadoras tb costumam cobrar um valor, que vareeeia.

Read Full Post »

Older Posts »