Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Marcelo Yuka’

Para Finalizar.

A experiência do TEDxSudeste foi muito além do que pode ser transposto em texto. Tenho acompanhando as postagens de alguns sobre o tema e é nitidamente claro que o TED ficou em cada um de um jeito que não dá pra parar de pensar. Cada coisa que foi dita naquele sábado está ecoando na minha cabeça e tenho certeza que muita coisa ainda será dita ou feita como reflexo daquela dose de inspiração. Como uma grande amiga me disse, estou precisando acabar de “viver o TED”.

Apesar de não ter comentado de outras palestras, não quer dizer que elas não tenham me marcado. Exemplos: Já era fã do Vik Muniz e de seu maravilhoso trabalho. Entender um pouquinho mais do seu processo criativo foi demais. Conhecer ao vivo e a cores Rodirgo Pimentel – o verdadeiro Capitão Nascimento – idem. Jaime Lerner, Marcelo Yuka, Jean Paul Ganem, Cezar Taurion, Vasco Furtado e todos os outros idem idem idem idem. Cada um com uma proposta. Cada proposta me impactando de uma forma diferente.

A impressão que tenho é de que qualquer coisa mais que escrever do TEDxSudeste vai soar pouco. Paro por aqui.

O que aconteceu na cúpula do Planetário da Gávea naquele sábado desencadeou um processo irreversível. E a experiência do TEDxSudeste ecoa em mim como o retumbar do big bang que propaga no espaço.

Aos organizadores, obrigada pela experiência. Aos palestrantes, obrigada pela inspiração.

* Só pra não perder o costume, alguns links que lembrei e que têm alguma relação com o que ouvi por lá:

  • SnapScouts: Aplicativo Android para prevenção de crimes com base em Crowdsorcing e geolocalização – tem relação com a fala do Vasco Furtado sobre o WikiCrimes.
  • Point & Find da Nokia: Aplicativo para reconhecimento de imagens, reflete uma tendência e tem relação com a palestra da Karina Israel sobre realidade aumentada.
  • O Pic Nic do Cidade Eletronika ocorrido em BH ontem me lembrou uma mistrura dos  jardins do bloomproject.org.br, de Jean Paul Ganem, com a acupuntura urbana do Jaime Lerner. “Plantaram” grama no meio da rua, em frente à faculdade de arquitetura da UFMG, transformando o ponto num foco de enegria inacreditável. Não poderia haver melhor exemplo para a acupuntura urbana que o Jaime Lerner propôs em sua apresentação. Pessoas reunidas, num ambiente urbano, para fazer um pic nic no meio da rua ao som de tendências musicais do cenário eletrônico e tb ao som de grilos e passarinhos artificiais. Super descolado, cool e surreal. Se achar fotos do evento, compartilho no Twitter. Para sentir o clima, eis algumas fotos.
  • Trailer do Documentário sobre o trabalho de Vik Muniz.

** FIM **

Momento Tiete com Rodigo Pimentel 😛

Para ver o primeiro post da série TEDxSudeste, clique aqui.

Leia aqui o segundo post da série TEDxSudeste.

Anúncios

Read Full Post »